Aproximando o zoom no sol poente

Featured Video Play Icon

O zoom da câmera funciona ampliando a parte central da imagem, ou em outras palavras, tornando seu campo de visão mais estreito. Aumentar o zoom no sol poente não revelará mais sol e apenas aumentará o tamanho do sol na imagem resultante.

Os Terraplanistas afirmam que aproximar-se de um sol poente revelará o sol inteiro e, de alguma forma, levantá-lo da água. Mas eles estão enganados. Eles simplesmente usaram as configurações de exposição incorretas. Na realidade, o zoom no sol poente nunca revelará o sol que já está obstruído pela curvatura da Terra. Continue lendo “Aproximando o zoom no sol poente”

Pôr do sol nas montanhas

Featured Video Play Icon

Durante o pôr do sol, os picos das montanhas perdem a luz do sol mais tarde do que as áreas ao seu redor. De um observador observando uma montanha, uma sombra pode aparecer ascendendo da base ao pico. Por outro lado, durante o nascer do sol, os picos das montanhas recebem luz do sol antes das áreas ao seu redor e uma sombra pode aparecer descendo do pico até a base.

Este fenômeno ocorre porque a Terra é esférica. À medida que a altitude aumenta, as horas de luz do dia se tornam mais longas. Faz o sol nascer mais cedo e se pôr depois. Continue lendo “Pôr do sol nas montanhas”

A aparência do pôr do sol e a refração atmosférica

Featured Video Play Icon

A aparência do pôr do sol depende das condições atmosféricas. A inversão térmica pode refratar irregularmente a luz vinda do sol e distorcer a imagem do sol vista de um observador.

Alguns Terraplanistas observaram uma aparência específica do pôr-do-sol e apresentaram o fato como se “provasse” um sol recuado no modelo da Terra plana. Mas eles estão enganados. As aparências do pôr do sol são o resultado da refração atmosférica.

Continue lendo “A aparência do pôr do sol e a refração atmosférica”

Os “experimentos” feito por Terraplanistas

Featured Video Play Icon

Muitas vezes vemos os Terraplanistas criarem um “modelo físico miniaturizado” de um objeto real e os apresentam como “prova” em apoio à Terra plana. Seu objetivo é observar se o modelo remotamente se assemelha ao objeto real de uma maneira particular. Se isso acontecer, então é suficiente para eles concluírem que o modelo descreve como o objeto real funciona.

Por outro lado, se um objeto real não puder ser miniaturizado e ainda tiver o mesmo comportamento que o objeto original, eles concluirão que o comportamento do objeto original não existe. Continue lendo “Os “experimentos” feito por Terraplanistas”

Apelo à definição

A falácia do ‘apelo à definição’ é usar a definição de um termo para apoiar um argumento como se o termo não pudesse ter outros significados ou mesmo significados conflitantes. Terraplanistas frequentemente usam essa falácia, por exemplo, sobre a palavra “teoria”.

Um problema de interpretação pode ocorrer quando um termo é interpretado incorretamente comum significado diferente do pretendido. Um esclarecimento simples deveria corrigir rapidamente o problema. O apelo à definição surge quando o esclarecimento é recusado, e a pessoa insiste em usar o significado errado e não intencional do termo, e usa-o para sustentar seus argumentos. Continue lendo “Apelo à definição”

O Solstício de Dezembro, Quando o Sol Ilumina uma Área Impossível de se Iluminar no Modelo da Terra Plana

O solstício de dezembro ocorre entre os dias 20 e 22 de dezembro, quando o Sol atinge sua excursão mais ao sul. Por volta dessa época, é inverno no hemisfério norte, enquanto é verão no hemisfério sul.

Se tentarmos reproduzir as áreas que estão sendo diurnas e noturnas no chamado “mapa da Terra plana”, o Sol parecerá iluminar uma área impossível de se iluminar nesse modelo, semelhante ao famoso simbolo de morcego do Batman. Isso nos diz que o “mapa da Terra plana” não está de acordo com o mundo real. Continue lendo “O Solstício de Dezembro, Quando o Sol Ilumina uma Área Impossível de se Iluminar no Modelo da Terra Plana”

Caminho do sol

No hemisfério norte, o Sol parece se mover para a direita. No hemisfério sul, parece mover-se para a esquerda. Durante o nascer e o pôr do sol, o caminho do Sol forma um ângulo que corresponde aproximadamente à latitude do observador. Esse fenômeno ocorre porque os observadores nos diferentes locais da superfície da Terra não estão no mesmo plano. Continue lendo “Caminho do sol”

Visibilidade do Sol em uma Terra Plana

Se a Terra fosse plana, então o Sol teria que ser visível acima do horizonte o tempo todo, de todos os lugares da Terra. Mas isso não ocorre, e o simples fato deveria ter sido suficiente para excluir qualquer possibilidade de uma Terra plana.

Mas, em vez disso, os Terraplanistas criaram várias cadeias complicadas de hipóteses ad-hoc e as apresentaram como “explicações” para evitar que o modelo da Terra plana seja falso. Nenhuma das “explicações” é comprovada nem corresponde ao modo como o mundo funciona. Continue lendo “Visibilidade do Sol em uma Terra Plana”

Aumentar o zoom não revelará mais que um objeto distante

Dar zoom usando uma câmera apenas amplia a parte central da imagem. Alterar o zoom não altera a posição de um objeto em relação a outro objeto ou a câmera. Não revelará mais de um objeto distante.

Terraplanistas muitas vezes afirmam que o zoom irá revelar objetos distantes que estão “supostamente” atrás da curvatura. Mas eles estão enganados. Se o objeto estiver realmente atrás da curvatura, nenhuma quantidade de zoom poderá trazer o objeto de volta à vista. Continue lendo “Aumentar o zoom não revelará mais que um objeto distante”

O pôr do sol em Burj Khalifa

Com uma altura de cerca de 830m, o Burj Khalifa é o edifício mais alto do mundo. É tão alto que podemos observar o pôr do sol na base do prédio, depois ir para os andares superiores e ver o mesmo pôr do sol novamente pela segunda vez no mesmo dia.

Esse fenômeno só pode acontecer se a Terra for esférica. Em uma posição mais alta, observaremos o pôr do sol mais tarde do que quando estamos mais perto do chão. Continue lendo “O pôr do sol em Burj Khalifa”