A variação de tamanho dos continentes em imagens da Terra tiradas a partir do espaço

A quantidade de superfície da Terra que podemos ver de uma só vez a partir de um local no espaço depende da nossa distância de visão. Quanto mais próximo o observador, menor a quantidade de superfície visível da Terra. Por outro lado, quanto mais longe o observador, maior a quantidade de superfície da Terra visível. Mas não importa quão longe o observador, eles não seriam capazes de ver o hemisfério inteiro.

Os Terraplanistas descobriram que existem diferenças nos tamanhos dos continentes nas diferentes imagens da Terra e usaram o fato como “evidência” de que as fotos são fakes. Estão errados. Tais diferenças nos tamanhos dos continentes existem porque as imagens mostram a Terra de diferentes distâncias e diferentes campos de visão.

As duas imagens que os Terraplanistas usam com frequência são o Blue Marble 2002 e 2012, que mostra a América do Norte com tamanhos diferentes em relação à Terra.

Para ilustrar como tal fenômeno pode acontecer, podemos usar um globo e uma câmera com uma lente de zoom:

  • A foto superior foi tirada usando uma lente telefoto 70-200mm a 200mm. O campo de visão é de ± 11 °. A distância até o objeto é de ± 2,6 metros.
  • A foto abaixo foi tirada usando uma lente grande angular de 16-35mm a 16mm. O campo de visão é de ± 98 °. A distância até o objeto é de ± 27 cm.

Ambas as fotos foram tiradas usando a mesma câmera Canon 5D Mark III e usando o mesmo globo.

Qualquer pessoa pode fazer o mesmo experimento usando uma câmera e um globo ou até mesmo outro objeto esférico como uma bola de futebol ou uma bola de basquete, e obteria facilmente o mesmo resultado. Qualquer câmera que pode ampliar é suficiente, isso inclui a maioria dos telefones com câmera.

Para ilustrar melhor esse fenômeno, também podemos usar essa simulação:  A verdadeira face da Terra, a distância da câmera é importante .

Referências