O Pseudodocumentário ‘Dark Side of the Moon’

O filme “Dark Side of the Moon” é um pseudodocumentário fictício, mas apresentado como se fosse um documentário real. O filme conta com convidados como Donald Rumsfield, Henry Kissinger, Alexandre Haig, Vernon Walters, Buzz Aldrin e a esposa de Stanley Kubrick. No filme, todos fingem que as aterrissagens na Lua são falsas e criadas em um estúdio por Stanley Kubrick.

Há muitas cenas do filme que circulam na Internet. Normalmente, algumas cenas são cortados para tornar o filme mais acreditável. E o filme é apresentado como “evidência” de que as aterrissagens na Lua não aconteceram, principalmente por Terraplanistas. Infelizmente, muitos acreditam nas versões editadas do filme e não percebem os eventos no filme são inteiramente fictícios.

Os cineastas colocaram evidências em várias partes do filme para informar ao público que os eventos no filme são fictícios. Geralmente, eles estão na forma de datas obviamente erradas de eventos reais. Para antecipar os espectadores que “querem acreditar”. Eles terminam o filme com erros de gravação, mostrando os convidados rindo sobre suas falas e sua incapacidade de se lembrar delas.

Infelizmente, alguns inescrupulosos se aproveitaram e editaram essas evidências. removendo-as. Os espectadores menos críticos são suscetíveis a isso e se tornam vítimas dessa desinformação.

Por incrível que pareça, o cineasta William Karel chegou a ser “parabenizado” várias vezes por sua “conquista” trazendo “a verdade” ao público.

Aqueles que não conhecem o filme se sentirão “iluminados” depois de assistirem a uma versão manipulada do filme, e geralmente estão ansiosos para anunciar sua “última descoberta” para o mundo inteiro. Mas tudo o que eles demonstram é sua incapacidade de raciocínio crítico ou a falta dela.

Referência