A teoria da conspiração sobre o tratado da Antártida

De acordo com os Terraplanistas, a forma da Terra é um círculo plano. No centro está o polo norte no Oceano Ártico e a Antártida não é um continente, mas sim um círculo de gelo ao redor da “Terra plana”.

O problema é que há pessoas que visitaram a Antártida e suas informações sobre a Antártida não se encaixam no que é dito pelos Terraplanistas. Para “lidar com o problema”, eles inventaram a teoria da conspiração e presumiram que todas as pessoas que afirmavam ter visitado a Antártida faziam parte da grande conspiração; e eles espalharam a informação para nos enganar. Dessa forma, o argumento dos Terraplanistas sobre a Antártida não é mais ‘falso’. Se algo está contra eles, a sua ‘solução’ é simplesmente adicionar mais pessoas à lista de pessoas que fazem parte da grande conspiração.

A existência do Tratado da Antártida é conveniente. Terraplanistas usam isso como argumento.

De acordo com os Terraplanistas, o Tratado da Antártida foi criado para impedir que as ‘pessoas que não fazem parte da grande conspiração’ entrassem na Antártida. Seu objetivo é esconder o “fato” de que a Terra é plana ou algo do tipo.

Assim como tudo o mais que eles afirmam, essas coisas só existem em sua imaginação. O Tratado Antártico no mundo real proíbe coisas como:

  • Reivindicando de terras como propriedade privada.
  • Fazer operação de mineração.
  • Qualquer operação relacionada ao nuclear.
  • Usá-lo para descartar resíduos.

Em nenhum lugar do tratado se afirma que pessoas comuns não podem entrar na Antártida.

É bem óbvio que um Terraplanista rapidamente inventaria uma “explicação” de que o conteúdo do Tratado da Antártida que está disponível para nós lermos é diferente do ‘tratado real’, e serve apenas para o propósito de nos enganar a todos. Nesse caso, o ônus da prova está com eles. E até agora, não há provas reais que eles possam trazer para apoiar sua posição.

Referências

A teoria da conspiração sobre o tratado da Antártida

De acordo com os Terraplanistas, a forma da Terra é um círculo plano. No centro está o polo norte no Oceano Ártico e a Antártida não é um continente, mas sim um círculo de gelo ao redor da “Terra plana”.

O problema é que há pessoas que visitaram a Antártida e suas informações sobre a Antártida não se encaixam no que é dito pelos Terraplanistas. Para “lidar com o problema”, eles inventaram a teoria da conspiração e presumiram que todas as pessoas que afirmavam ter visitado a Antártida faziam parte da grande conspiração; e eles espalharam a informação para nos enganar. Dessa forma, o argumento dos Terraplanistas sobre a Antártida não é mais ‘falso’. Se algo está contra eles, a sua ‘solução’ é simplesmente adicionar mais pessoas à lista de pessoas que fazem parte da grande conspiração.

A existência do Tratado da Antártida é conveniente. Terraplanistas usam isso como argumento.

De acordo com os Terraplanistas, o Tratado da Antártida foi criado para impedir que as ‘pessoas que não fazem parte da grande conspiração’ entrassem na Antártida. Seu objetivo é esconder o “fato” de que a Terra é plana ou algo do tipo.

Assim como tudo o mais que eles afirmam, essas coisas só existem em sua imaginação. O Tratado Antártico no mundo real proíbe coisas como:

  • Reivindição de terras como propriedade privada.
  • Fazer operação de mineração.
  • Qualquer operação relacionada ao nuclear.
  • Usá-lo para descartar resíduos.
  • Em nenhum lugar do tratado se afirma que pessoas comuns não podem entrar na Antártida.

É bem óbvio que um Terraplanista rapidamente inventaria uma “explicação” de que o conteúdo do Tratado da Antártida que está disponível para nós lermos é diferente do ‘tratado real’, e serve apenas para o propósito de nos enganar a todos. Nesse caso, o ônus da prova está com eles. E até agora, não há provas reais que eles possam trazer para apoiar sua posição.

Referências

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.